AJUDE O KEVIN – Família procura médico especialista

Portal Clica Tribuna
Colaboração Marcos Roberto Brocca

kevin-corpo-textoA história de Kevin da Silva Matias, de apenas cinco anos de idade, está exposta nas redes sociais. Isso porque ele sofre de Escoliose Congênita, uma doença rara que causa um desvio na coluna. Sem condições de realizar um tratamento adequado, a mãe do garoto, Tamires dos Passos da Silva, gravou um vídeo e divulgou na internet para tentar conseguir ajuda e encontrar um especialista na doença, já que não há médicos na região que possam tratar o menino.

12278715_1277331298955673_8845392155381692169_nNesta segunda-feira, Tamiries afirmou, em entrevista à rádio 98,3 de Lauro Muller, que ainda não sabe o que fazer para conseguir tratamento para Kevin, mais foi aconselhada por outros médicos, a procurar um especialista neste tipo de problema, que é muito raro.

Depois de diversas viagens a Florianópolis para realizar exames e algumas cirurgias, Tamires descobriu através da internet que, em São Paulo, poderia encontrar um médico especialista no assunto de Kevin. Com a doença, o garoto não cresce fisicamente, porém seus órgãos continuam crescendo normalmente. Hoje ele tem o peso e a altura de uma criança de dois anos.

Com o vídeo, a mãe pede ajuda para encontrar um médico que possa tratar a doença. Depois, se realmente precisar ir a São Paulo para fazer o tratamento, a família vai organizar campanhas para doações que possam ajudar nas despesas da viagem e do tratamento de Kevin, que hoje recebe do governo a ajuda de um salário mínimo mensal.

Tamires ainda tem outra filha, de um ano e seis meses. A menina tem um problema de crescimento semelhante ao do irmão. Ela foi avaliada pelo mesmo médico que examinou Kevin e, em um primeiro momento, foi descartada a Escoliose Congênita. Porém, não foi descartado o problema no crescimento, o que, segundo o médico, seria um caso mais raro ainda de acontecer.

Para entrar em contato com a família de Kevin, o telefone é (48) 8823-0617.

Página no Facebook curta, compartilhe, divulgue.

Veja o vídeo com o apelo da mãe

Comentários

Comentários

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *