DESCULPA MUNDO

Oi Fazedores do Bem

Outro dia desses me deparei com uma mulher, deveria ter por volta dos 40 anos, mas vestida e maquiada como uma garotinha, como falam mesmo? Uma patricinha. Até aí tudo bem, se bem que vaidade demais… bom isso é outro papo.

Bom essa mulher estava com uma camisa com os seguintes dizeres:

Gente!!! industrializaram a desgraça humana. Por que eu sou capaz de apostar que nem um tostão da blusa será destinado para trazer algum beneficio ao mundo, o dinheiro com a venda dessa bestialidade deve ir todo para a conta bancária do dono da loja e deve ser loja “chique”.

Se você tem uma blusa dessa, me perdoe! Você é um idiota. Ah!!! Tá na moda. Você é um imbecil.

Me desculpe a franqueza, mas deixe essa futilidade de lado, para de enriquecer quem não está nem aí para nada. Esse “gênio” só quer lucro e o mundo que continue cheio de problemas.

Provavelmente estamos vivendo a pior crise de caráter do ser humano na história da humanidade. As pessoas gastam fortunas em academias, plásticas, roupas da moda, carros futuristas e são incapazes de abrir os olhos e ver QUANTOS NÃO TEM O QUE COMER, COMO VIVER, ESTÃO A DERIVA, ESPERANDO A HORA DE MORRER.

E não é porque elas querem. Algumas pessoas vivem em países em guerra, afinal os gigantes do primeiro mundo precisam fazer com que suas economias girem. Aí criam eternos conflitos e lucram vendendo armas. Que em vários caso, são usadas para matarem crianças, para chocar o mundo. Acontece ali na Síria.

Países onde quase 100% da população passa fome e o alimento que é levado por bem feitores são confiscados por covardes, que usam da força bruta para trazerem mais sofrimento para as pessoas, a economia tem que girar. Acontece ali na África. Ta longe né? E Daí! Na camisa não está escrito desculpa mundo? O que você vai fazer diante dessas atrocidades, lhe digo. NADA! Você só quer estar na moda e aparecer.

O que você vai fazer perante a guerra civil que acontece na cidade maravilhosa, essa tá pertinho, logo ali no Rio. Quantos inocentes perderam  as suas vidas pela negligencia do estado e pela sua omissão.

Quantos sofrem nas filas do SUS por esse Brasil afora, quantos passam fome, quantos morrem esperançosos de conseguirem junto ao estado verba para tratamento de doenças raras e a ajuda nunca chega.

Mas você está aí com sua camisa da moda, com seu carrão, com suas futilidades diárias. É quer saber, você NUNCA vai ser feliz. Por que sempre vai ter uma moda nova, um carrão melhor, uma nova técnica de cirurgia plástica e você vai se sentir um nada! Até conseguir todas essas bobagens.

Quer ser feliz? Seja bom, ajude seu próximo, seja agradável, ajude os necessitados, aprenda a dar bom dia, a sorrir, a dar um abraço em quem está triste. Ah! Fazer isso com seus familiares? É sua obrigação, a nobreza está em fazer por aqueles que você não conhece e que realmente precisam.

Mas por enquanto vamos nos acostumando com irmão roubando irmão, pessoas se aproveitando da bondade dos outros, com as ingratidões que só os seres humanos são capazes de cometerem.

Então vai para vocês uma ideia, jogue essa camisa fora, “Desculpa mundo”, vá até a loja chique que você comprou e peça para fazerem com a seguinte frase:

Aí sim, está certinho.

“Ser o homem mais rico do cemitério não me interessa. Ir para a cama à noite dizendo que fizemos algo maravilhoso, isso importa para mim.”

Steve Jobs

Comentários

Comentários

Compartilhe

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta