Juiz manda SUS pagar creme para Lucas Costa, portador da Epidermólise Bolhosa

lucas.contaJustiça determinou que o Sistema Único de Saúde terá que fornecer o creme “Curefini Dermal” para o tratamento da criança

Uma liminar do juiz Laisson Baeta Braga Neves, da 2ª Vara da Fazenda Publica, obrigando o SUS oferecer para a criança Lucas Alves Costa, de oito anos, o creme “Curefini Dermal”, foi comemorada pelo pai de Lukinha, como é conhecido, Hélio Costa. Este creme é produzido nos Estados Unidos e adquirido na Argentina, através de uma Fundação, em São Paulo. O magistrado mandou citar o Estado e a Prefeitura de Montes Claros, para providenciar os 240 potes do creme por mês, no valor de R$ 353,4 mil já que são necessários oito potes por dia, para realizar o tratamento . Cada pote custa R$ 121,06.

De acordo com Hélio Costa, além do creme Curefini Dermal, os gastos para o tratamento do seu filho incluem tratamento dentário, de garganta, fisioterapia e limpezas da pele, com gazes etc.
“Todos os dias, Lucas precisa fazer vários curativos. Sempre após a gente terminar de trocar os curativos, ele pergunta: terminou mamãe? Após isso, Lucas agradece: ‘obrigado meu Deus por mais um dia de vida’”, relata o pai do garoto.

A história de Lukinha e suas fotos foram espalhadas pelas redes sociais e na internet, atraindo a ajuda de pessoas por toda parte do mundo. Recentemente, o jogador Neymar postou uma mensagem no facebook dando força a ele. Além do cantor Lucas Lucco, Silmara e Silmaria, Tata Werneck, Yasmin Brunet, Geovana Antonelli e Geowana Ewbank.

Em contado com o Em cima da notícia, Hélio Costa disse que seu filho está com mais de 70% do corpo sem pele, onde requer muitos cuidados porque a pele é muito sensível, mas mesmo assim, ele é uma criança muito feliz, mesmo com tudo o que ele já tem passado. Ele estuda em casa devido à dificuldade em se locomover. A comida dele tem que ser mais pastosa, para que não machuque a garganta, pois as lesões que dão por fora também acontecem internamente.

Comentários

Comentários

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta